Componentes Curriculares

Alta resolução +
De R$ 48,00 por R$ 38,40

Estudos sociais

outros saberes e outros sabores

Roseli Inês Hickmann (Org.)
ISBN: 978-85-87063-56-4
ed. 168 p.
Uma proposta pedagógica interdisciplinar, atraente e significativa - em que a literatura, a antropologia, as questões de gênero, a sociologia e outros temas culturais não podem ficar ausentes - dá origem ao título desta publicação. A concepção defendida pelos autores é a da formação da cidadania do aluno a partir do seu respeito aos diferentes jeitos de ser e de viver do "outro" no ambiente escolar. Interessantes relatos de atividades e projetos desenvolvidos em escolas ilustram as concepções teóricas defendidas por eles.
  • Sumário
    Apresentação
    Organizadora

    1.Estudos sociais no ensino fundamental: para além do espaço e do tempo
    Roseli Inês Hickmann

    As intenções do ensinar e do aprender em ciências sociais
    Infância, identidades e direitos humanos: um tema a explorar
    Trabalhando com a temática “convivendo com as diferenças”
    Trabalhando com a temática “identidades”
    Os povos indígenas na sala de aula: algumas sugestões
    O significado dos jogos e das brincadeiras nessa área
    Perguntas que permanecem

    2. O tempo histórico no ensino fundamental
    Maria Aparecida Bergamaschi

    O tempo na história: da natureza ou da cultura?
    O tempo que modula a escola
    Noções de tempo que “convivem” na história
    História, tempo e escola

    3. O tempo não para: a noção de sucessão
    Cristiane Oliveira Rocha

    Por que estudar o tempo?
    Falando sobre o tempo
    Pesquisando o tempo
    As representações dos alunos
    Considerações finais

    4. Estudos sociais: para conhecer, aprender e viver!
    Fernanda Fornari Vidal

    Os estudos sociais na minha trajetória de estudante
    Um olhar problematizador sobre a realidade vivida
    Em destaque o planejamento didático-pedagógico
    Projeto “Traçando Porto Alegre: recordando e
    vivendo as transformações”
    Reflexões finais

    5. Um projeto de trabalho a partir da relação história e literatura
    Fernando Seffner
    Ramiro L. Bicca Jr.

    Hora do conto, hora da história
    Um exemplo de trabalho a partir de “O Gato de Botas”
    O Gato de Botas
    Algumas considerações acerca dos elementos históricos
    Considerações finais

    6. Dinâmicas de gênero nas práticas escolares
    Sandra dos Santos Andrade

    Relações entre educação e gênero
    Gênero como constituinte de identidade
    Por que problematizar as relações de gênero
    no processo pedagógico?
    Uma releitura da sala de aula na perspectiva de gênero
    A análise das expressões gráficas
    Meninos e meninas: confrontos e alianças na sala de aula
    O sentido político do trabalho pedagógico

    7. Distendendo memórias e reescrevendo identidades negras/mestiças
    Carmen Rangel da Silva

    Memória I
    Memória II
    Práticas
    Identidade I
    Finalizando

    8. Planejamento: uma prática articulada com o tema cultural
    Helenara de Oliveira

    Aprendendo a planejar com temas culturais
    Tema cultural: a música como forma de produção cultural
    Conclusões

    9. Leituras sobre o ensino de estudos sociais: contribuindo para a prática pedagógica
    Fernando Seffner
    Maria Aparecida Bergamaschi
    Maria Stephanou
    Simone Valdete dos Santos

    Leituras e práticas
    Produções sugeridas e comentadas
    Concluindo: seduzir professores para a leitura
  • Trecho
    1. Estudos sociais no ensino fundamental: para além do espaço e do tempo

    Roseli Inês Hickmann
    Nesse texto busca-se pontuar alguns princípios e sugerir algumas práticas na área de estudos sociais e, dessa forma, instigar a uma reflexão sobre outras maneiras de configurar os currículos da educação infantil e do ensino fundamental. A abrangência dessa problematização compreende o ensino de história e de geografia, as famosas datas comemorativas e a ampliação do horizonte da área de conhecimento denominada estudos sociais, para além das noções de espaço e tempo. Ou seja, inclui outras perspectivas de reflexão e de análise, através de um diálogo interdisciplinar com as disciplinas de história, geografia, antropologia, sociologia e ciência política (Hickmann, 2000). Tal redimensionamento pressupõe uma articulação entre o ambiente físico e social e o processo de construção das múltiplas identidades que nos constituem ao longo da trajetória de vida (pessoal, social, cultural). Significa refletir sobre a possibilidade de se proporcionar às crianças oportunidades de interação com outros indivíduos, que as levem à independência, à cooperação e à colaboração voluntária e não à competitividade, concorrência e individualismo, ao perceberem que os outros, com os quais convivem, também têm sentimentos, opiniões e direitos. Essa perspectiva vincula-se ao princípio da alteridade, de colocar-se no lugar do outro e, dessa forma, vivenciar a reciprocidade. Falar em alteridade implica fazer referência à cidadania, à relação entre Estado e sociedade civil na prescrição dos direitos e deveres do cidadão, implica um processo de estranhamento e distanciamento do familiar, bem como perceber a presença do “outro” para a constituição da própria subjetividade (op. cit., 1997). É necessária a “descentração” da criança, coordenando vários e diferentes pontos de vista além do seu, movimento que seria levada a fazer a partir da interlocução e cooperação com os outros. Exige considerar, no percurso de aprendizagens significativas, as peculiaridades cognitivas, afetivas, sociais e morais das crianças e jovens em processo de aprendizagem, bem como levar em conta o caráter global das variadas realidades (objetos/fatos/situações). Para isso, deve-se procurar: a) a abertura da comunidade na qual a escola está integrada, em relação a outras comunidades e lugares do mundo; e b) a proposição às crianças de tarefas diferenciadas, utilizando-se de meios didáticos variados, a fim de mobilizá-las em termos de interesses, motivações, peculiaridades pessoais e grupais, sem desconsiderar seus contextos culturais, sociais, econômicos e históricos.

    Trecho retirado das páginas 9 e 10

Sugestões de outros títulos:

carregando...